segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Quais as funções dos linfócitos T e B?Qual a origem de cada um?

Em primeiro lugar, vale lembrar que os linfócitos são importantes componentes do sistema imunológico. Os linfócitos são uma subpopulação dos leucócitos, células brancas presentes no sangue, com apenas um núcleo.
Eles também apresentam duas principais subpopulações, os linfócitos T e B. Os linfócitos T têm sua origem em células indiferenciadas da medula óssea. Por sua vez, as células indiferenciadas, chamadas pró-timócitos, migram da medula óssea para o timo, onde sofrem, obrigatoriamente, processos de diferenciação até a completa maturação em células T. De maneira análoga, alguns bilhões de linfócitos B originam-se de células-mães (
As duas classes de células, T e B, estão envolvidas no processo de imunidade adquirida, ou seja, imunidade desenvolvida para ampliar e melhorar as defesas naturais do organismo. A imunidade adquirida divide-se em celular e humoral. A primeira é responsável pela defesa do organismo através de linfócitos especializados em dadas funções. Por imunidade humoral entendese aquela que atua através de anticorpos, substâncias protéicas existentes no plasma.
Os linfócitos T são responsáveis pela organização, mediação e orquestramento da imunidade celular. Para executar essas funções, as células T apresentam subpopulações especializadas em diferentes funções, recebendo denominações diversas. Os linfócitos T-helper (ou auxiliadores) são responsáveis
pela especialização de outros linfócitos – auxiliam na diferenciação de outros linfócitos. Os linfócitos T citotóxicos são responsáveis pela destruição de células infectadas por agentes infecciosos. Os linfócitos T supressores são representados por uma ou mais classes de linfócitos com função de suprimir a atividade imune quando necessário. E, por último, os linfócitos T de memória são responsáveis pelo armazenamento de uma “informação imunológica” mais duradoura, que se desenvolve após o contato inicial com alguma substância estranha (antígeno). Essas células poderão ser resgatadas pelo organismo sempre que necessário.
Os linfócitos B diferenciados e ativados (plasmócitos) são as únicas células capazes de produzir anticorpos. Portanto, como os anticorpos são as substâncias características da imunidade humoral, pode-se dizer que os linfócitos B são precursores fundamentais dessa imunidade. A produção de anticorpos é ativada toda vez que um antígeno entra em contato com o organismo.
Portanto, também ocorre aprodução de células B de memória, capazes de manter a informação imune humoral de forma duradoura.
[CH 154 – outubro/1999]
Carlos Roberto
Veiga Kiffer
CASA DA AIDS E DEPARTAMENTO
DE MOLÉSTIAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS,
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

stem cells) na medula óssea diariamente. As células B também passam por um processo de diferenciação e maturação, que ocorre no fígado do feto e na medula óssea do adulto, atingindo suas características funcionais completas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário